Os quatros estágios do tratamento na Terapia Comportamental Dialética – DBT

0

A DBT é uma forma de tratamento em que a terapia se desenvolve em estágios. Isso não significa que exista um cronograma rígido a ser seguido, mas sim, um guia sobre como organizar o tempo de sessão e do tratamento, levando em conta a gravidade dos comportamentos do cliente. Não é difícil compreendê-los e é deste tema que trataremos no artigo de hoje.

No estágio 1será abordado todo comportamento que se relaciona à ameaça de vida (falta de controle do impulso como por exemplo cortes, tentativas de suicídio, uso de substâncias). São abordados também os comportamentos que interferem na terapia (faltas, hostilidade ao terapeuta, eminência de abandono do tratamento) e padrões comportamentais que geram consequências de forma severa na qualidade de vida (por exemplo, ser expulso da escola, perda de emprego ou casamento). O objetivo nesse estágio é superar os déficits de habilidades básicas, obtendo assim, um   grau maior de controle comportamental.  Uma vida sem isso pode ser extremamente desgastante e sem sentido. Aqui é de grande importância que o terapeuta ajude o cliente com habilidades de auto gerenciamento, além de motivá-lo  para o processo terapêutico.

O segundo estágiotem como objetivo a redução dos sintomas de estresse pós traumático e  melhoria da experiência emocional geral do cliente. Isso é alcançado com o terapeuta aplicando protocolos específicos para essa problemática. Alguns dos efeitos esperados são a redução do  autojulgamento, síntese de tensões dialéticas e redução da evitação experiencial. Os alvos desse estágio são trabalhados apenas quando os comportamentos do estágio 1 estão  sob controle.

Já no estágio 3 o objetivo é ensinar ao paciente habilidades para  resolução de problemas da vida cotidiana e melhoria do senso de felicidade e alegria diante da vida,  trazendo maior domínio sobre os comportamentos e, consequentemente, construindo confiança em si e aprendendo a se auto valorizar.

O quarto e último estágioaborda os objetivos de auto-respeito, generalização e integração das habilidades, alcançando os objetivos individuais do cliente e término do processo terapêutico. Nesse estágio, o foco está em alcançar a transcendência, aceitando a incompletude da vida, gerando liberdade e capacidade para o prazer. Para clientes religiosos, é possível ainda trabalhar para que consigam encontrar um significado em experiências espirituais, trazendo assim um sendo de totalidade maior.

No entanto, para que se inicie o tratamento, anterior aos estágios, é necessário que seja construído um acordo de compromisso com a terapia, com a finalidade de orientar o cliente para o tratamento. Essa fase é chamada de pré tratamento. O pré-tratamento não consiste em um estágio do tratamento em si, e sim, uma condição para que sejam desenvolvidos os pré-requisitos para a sua realização.

A DBT é um tratamento baseado em evidências e eficaz na redução do comportamento suicida, da automutilação, da hospitalização psiquiátrica, menor abandono do tratamento, uso de substâncias, manejo da raiva além da melhoria do funcionamento social e global, segundo a plataforma de registros em tratamentos de evidências,  National Registry of Evidence-Based Programs and Practices.

 

COMENTE VIA FACEBOOK

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.