Inscrições abertas para Pós-graduação em Análise do Comportamento Aplicada

0
Pós-graduação em Análise do Comportamento Aplicada

O Laboratório de Aprendizagem Humana, Multimídia Interativa e Ensino Informatizado (Instituto Lahmiei) da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) abre inscrições para a sexta turma do curso de pós-graduação em Análise do Comportamento Aplicada ao Autismo. O curso tem 400 horas de aulas e inicia em 14 de abril. O emissão de certificado emitido é reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC).

O conteúdo programática conta com:

  • Princípios Básicos em Análise do Comportamento;
  • Análise do Comportamento Aplicada I;
  • Análise do Comportamento Aplicada II;
  • Análise do Comportamento Aplicada III;
  • Comportamento Verbal;
  • Métodos para o Estudo do Comportamento Individual;
  • Introdução à Pesquisa Aplicada;
  • Introdução e Metodologia de Pesquisa: (TCC);
  • Conduta Profissional e Ética;
  • Prática em Pesquisa Aplicada;

De acordo com Maria de Jesus Dutra dos Reis, diretora do Centro de Educação e Ciências Humanas (CECH) da UFSCar, apesar de ser a única pós-graduação com esta modalidade no Brasil, o curso segue as diretrizes dos ensinos do exterior. “Embora no país nós tenhamos uma comunidade grande de analistas de comportamento, não tínhamos um ensino com o perfil que se tem, por exemplo, nos Estados Unidos, credenciado com as características de formação e não apenas de conhecimentos em pesquisas e tecnologias”, pontua.

A pós-graduação está com inscrições abertas até 31 de março. Para mais informações, acesse: www.autismoufscar18.faiufscar.com

Sobre o Instituto Lahmiei:

O LAHMIEI é resultado de quase 40 anos de trabalho em pesquisas na área de Análise do Comportamento. O laboratório está inserido na estrutura administrativa do Departamento de Psicologia da UFSCar.

Os trabalhos de investigação são desenvolvidos preferencialmente dentro de duas linhas de pesquisa:
(1) Comportamento Verbal;
(2) Processos de Tomada de Decisão;

Dentro da primeira linha, são conduzidos estudos orientados pelo foco das quatro principais teorias comportamentais da linguagem: Comportamento Verbal; Nomeação; Teoria dos Quadros Relacionais; e Equivalência de Estímulos. Na segunda linha estão localizados os estudos sobre processos de tomada de decisão: jogos econômicos, comportamentos socialmente relevantes; tais como: generosidade; altruísmo; motivação; risco; adição; autocontrole.

Os estudos, embora experimentais, apresentam relevância para aplicação a problemas de desenvolvimento intelectual e a questões relacionadas a processos de aquisição de linguagem, tomada de decisão, e desenvolvimento de diversos aspectos da cognição. Em função da grande importância da Análise do Comportamento enquanto Ciência que fundamenta os procedimentos e técnicas de intervenção em indivíduos com o transtorno do espectro autista (TEA), estudos que envolvam esta população são fortemente encorajados no laboratório. Exemplos de estudos desta natureza são aqueles que tratam de investigar variáveis que possam tornar procedimentos de avaliação de itens de preferência mais eficazes.

Esses estudos também servem como base para investigar questões relacionadas a motivação e aquisição de elementos iniciais de linguagem, mandos, tatos e demais operantes verbais. Também são realizados estudos que visam investigar a aquisição de repertório de ouvintes e falantes assim como a descrição de sua interação. Ao longo do tempo, incentiva-se e espera-se que um número gradativamente maior de estudos se direcione a solucionar problemas práticos de intervenção na população com TEA, sem abandonar a tradição de rigor científico do laboratório.

COMENTE VIA FACEBOOK

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.