2º Summit Internacional e Conferência: Análise do Comportamento e Autismo no Ensino Superior

0
2º Summit Internacional e Conferência: Análise do Comportamento e Autismo no Ensino Superior

Data: 24 de janeiro de 2018 às 09:00 à 26 de janeiro de 2018 às 16:00
Local: Bergsmannen, Aula Magna (26/1, Victorysalen, Lilla Nygatan 4, Gamla stan)

2º Summit Internacional e Conferência: Análise do Comportamento e Autismo no Ensino Superior

A prevalência de autismo aumentou a uma taxa muito maior do que qualquer outra deficiência e é estimada em 1 em 68. É de origem neurobiológica, com início na primeira infância. O autismo é caracterizado por deficiências significativas nas interações sócio-comunicativas em contextos, interesses estereotipados restritos, atividades e padrões de comportamento, bem como resistência a mudanças ambientais, experiências sensoriais incomuns e falta de habilidades necessárias para aprender naturalmente do meio ambiente.

A Análise de Comportamento Aplicada (ABA) é um campo dinâmico e em expansão e os programas de treinamento cresceram exponencialmente na última década. À medida que essa nova e crescente disciplina emerge, há desafios éticos e pragmáticos a serem abordados pelo ensino superior. As instituições dedicadas à formação de pesquisadores em análises de comportamento e profissionais são responsáveis ​​pela elaboração do currículo para atender aos requisitos de progresso científico e clínico.

2º Summit Internacional e Conferência: Análise do Comportamento e Autismo no Ensino Superior

O objetivo do summit, que é financiado pelo Conselho de Pesquisa da Suécia (VR) e apoiado pela Universidade do Norte do Texas, é reunir vários pesquisadores e estudiosos internacionais para apresentar no 2º Summit Internacional e Conferência sobre Análise do Comportamento e Autismo no ensino superior 2018, com foco nos temas mencionados abaixo. Como na 1ª conferência, hospedada pela Universidade do Norte do Texas (2009), pesquisadores e doutorandos se reunirão para discutir questões no ensino superior, considerar orientações políticas e formar novas parcerias internacionais. As atividades e o tempo serão especificamente atribuídos para essas atividades.

As seções do tópico incluirão:

– Cultura e tendências globais: como as mudanças na migração, integração e diversidade afetam o conteúdo e os processos de implementação? Isso incluirá uma discussão sobre as condições, preocupações e direções atuais.

– Ciência de implementação e prática baseada em evidências: Definição de critérios necessários em relação ao autismo, nível de mudança confiável, controle randomizado e design de pesquisa de um caso único . Quais são os pontos-âncora e as principais competências?

– Competências de supervisão e desempenho: como os programas de educação superior se aproximam das competências básicas e do currículo? Será abordada uma discussão dos benefícios e preocupações com uma variedade de modelos.

– Tecnologia e educação distribuída: condições de pesquisa em que a educação a distância é mais efetiva? Quais são as tendências quanto à entrega instrucional na ABA?

– Âmbito da prática e órgãos reguladores: variações internacionais comparativas. Quais órgãos reguladores governam a pesquisa, a prática, a acreditação do ensino superior? Qual é o escopo da prática? Quais são as configurações de tratamento e pesquisa em relação ao campo?

– Inclusão e engajamento: quais são as preocupações e as direções sugeridas por especialistas nessas áreas? Quais são as considerações relacionadas à colaboração interdisciplinar, à coleta de dados e ao desenvolvimento e avaliação de programas?

Um componente-chave desta conferência e summit internacional é abrir caminho para projetos interculturais e publicações. Todos os quais são importantes para melhorar a qualidade de vida e desenvolvimento para crianças com autismo, suas famílias e ambientes de aprendizagem.

Equipe organizadora:

Lise Roll- Petterson PhD (Universidade de Estocolmo), lise.roll-pettersson@specped.su.se
Presidente do Comitê Organizador do Summit

Shahla Alai-Rosales PhD (Universidade do Norte do Texas)
Karola Dillenburger, (Queens College, Reino Unido)
Michael Keenan PhD (University of Ulster, Reino Unido)
Gabriela Sigurdardottir PhD (Universidade da Islândia)

0 0 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments