ABA e Ensino de Habilidades Básicas para Pessoas com Autismo

0
ABA e Ensino de Habilidades Básicas para Pessoas com Autismo

Entre os dias 24 de novembro às 8:00 à 25 de novembro às 17:00 ocorrerá o curso ABA e Ensino de Habilidades Básicas para Pessoas com Autismo. O evento é organizado pelo CEI Desenvolvimento Humano e será sediado no  Grupo CDPV da Av. Rio Branco 81, 7º andar – Centro, 20040-004 Rio de Janeiro.

A literatura científica tem indicado, desde a década de 1980, os bons efeitos de Intervenções Comportamentais Intensivas para o tratamento do autismo, conhecidas no Brasil como “tratamento ABA ou método ABA”.

A literatura considera como “Intervenção Comportamental Intensiva” os modelos de intervenção caracterizados por estimulação individualizada. Ou seja, um educador para uma criança com autismo. Realizados por muitas horas semanais (15 a 40 horas), por pelo menos dois anos consecutivos, que abrangem várias áreas do desenvolvimento simultaneamente e que são fundamentados em princípios de Análise do Comportamento.Assim, Habilidades básicas são constituídas por comportamentos simples e iniciais, que por sua vez são requisitos para aprendizagens mais complexas (por exemplo, o contato visual é uma habilidade básica que é requisito para comportamentos mais complexos, como falar ou interagir socialmente).

O objetivo desse curso é auxiliar familiares, cuidadores, educadores e terapeutas a direcionar o ensino de habilidades básicas à suas crianças com autismo ou com outros transtornos do desenvolvimento infantil, em um contexto de Intervenção Comportamental Intensiva.

O Centro de Estudos e Intervenção para o Desenvolvimento Humano (CEI Desenvolvimento Humano) é uma instituição de caráter educacional. Suas ações são voltadas para a promoção do desenvolvimento máximo de pessoas com autismo e com deficiência intelectual. Assim como, de seus cuidadores (pais, parentes, babás, educadores, entre outros). O Centro iniciou o seu funcionamento formalmente em abril de 2013. Porém, suas atividades já eram desenvolvidas por suas fundadoras há mais de uma década.

Se quiser obter mais informações clique aqui.

COMENTE VIA FACEBOOK

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here