Desenvolvedora de Terapia para Transtornos Mentais “incuráveis” ganha Prêmio Grawemeyer 2017 de Psicologia

0
Desenvolvedora de Terapia para Transtornos Mentais “incuráveis” ganha Prêmio Grawemeyer 2017 de Psicologia

Marsha Linehan, desenvolvedora de Terapia para Transtornos Mentais “incuráveis” ganha Prêmio Grawemeyer 2017 de Psicologia. Marsha é diretora da Universidade de Washington Behavioral Research and Therapy Clinics, Centro de Tecnologia do Comportamento. E foi selecionada como vencedora do Prêmio Grawemeyer 2017 em Psicologia.

Distúrbios como personalidade borderline e ideação suicida têm sido considerados quase impossíveis de tratar.Porém, Linehan desenvolveu a Terapia Comportamental Dialética (DBT), que mostrou efeitos positivos durante os estudos. O tratamento é um tipo de Terapia Comportamental. Propõe o ensino de quatro habilidades aos clientes: atenção plena, tolerância ao sofrimento, eficácia interpessoal e regulação emocional.

“Além de ser considerado o tratamento de última geração para indivíduos suicidas crônicos, a terapia comportamental dialética foi considerada eficaz para outros distúrbios comportamentais. O que inclui distúrbios alimentares, vícios, distúrbios relacionados à ansiedade, transtorno de estresse pós-traumático e depressão “, disse o professor Woody Petry, diretor da premiação, em um comunicado de imprensa.

Depoimento

“Em uma idade jovem, prometi sair do inferno e depois voltar e tirar os outros”, disse Linehan. Ela reconheceu publicamente em 2011 sua própria luta de longa data com ideações suicidas e comportamentos semelhantes aos encontrados no transtorno boderline. Linehan também é fundadora do Instituto Linehan e membro do seu conselho. A missão do instituto é transferir os princípios da Terapia Comportamental Dialética para que os profissionais possam tratar de forma mais eficaz.

Todos os ganhadores do Prêmio Grawemeyer de 2017 serão anunciados nesta semana por excelentes trabalhos. Se quiser conhecer mais

sobre o Instituto Linehan, sobre a  Marsha Linehan, ou sobre a DBT clique aqui. Se quiser conhecer mais sobre o Prêmio Grawemeyer, clique aqui.

COMENTE VIA FACEBOOK

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here