O desenvolvimento e a difusão da relação entre Coaching e análise do comportamento no Brasil

0

A psicologia do coaching (ou coaching psychology) está ganhando corpo e força no Brasil!

Um dos principais responsáveis pela difusão e por estabelecer relações entre coaching e Psicologia no Brasil é o Prof. Dr. Nicodemos Borges.

O Prof. Nicodemos é autor da primeira (e por enquanto única) Tese de doutorado cujo tema relaciona coaching e análise do comportamento. A defesa da Tese ocorreu no início de 2015 no Programa de Psicologia da PUC-SP e contou com uma banca composta por algumas das principais autoridades da Psicologia brasileira – participaram da banca os professores Emmanuel Tourinho, Silvio Botomé, Sergio Luna, Denis Zamignani e orientação de Roberto Banaco.

Coaching

Nicodemos Borges foi também o primeiro analista do comportamento a ministrar um minicurso na ABPMC cujo o tema relacionava coaching e Psicologia, em 2014. No ano seguinte, ele coordenou a primeira mesa-redonda para discutir o tema e criou o grupo de interesse específico em coaching da ABPMC (GIE-Coaching). Além disso, tem participado de diversos eventos acadêmicos regionais (JACs e Semanas de Psicologia) e orientado pesquisas discutindo o tema.

Seguindo seu compromisso com a difusão de conhecimento e desenvolvimento de profissionais qualificados para atuarem no mercado de trabalho, Nicodemos foi responsável por pensar e ministrar o primeiro curso de coaching para psicólogos no Brasil (especificamente para analistas do comportamento), que aconteceu em janeiro de 2015 em Curitiba e que chamou behavioral coaching e ocorreu durante um único dia. Após essa experiência, ajudou na realização do curso coaching para psicólogos em São Paulo, em outubro de 2015, sendo o responsável por dar todo o suporte teórico do curso, que teve duração de três dias.

Nicodemos acredita que o coaching é uma prática de intervenção útil cuja demanda pelo mercado não para de crescer, mas nota que há uma carência de profissionais qualificados — problema decorrente da carência de cursos que priorizem o ensino das competências necessárias para uma prática de coaching eficiente. Assim, ele resolveu construir uma formação mais abrangente e estendida em coaching, pois notou que até mesmo um psicólogo não se torna um coach (profissional de coaching) em três ou quatro dias — apesar de haver algumas competências comuns entre um psicólogo e um coach, há outras que são específicas.

O curso de formação em Master Contextual Coaching conta com 260 horas de carga horária total, divididas em módulos e atividades diversas. É uma das raras formações no Brasil que conta com mentorias (espécie de supervisão), além de outras atividades como estudos de caso e atendimentos práticos. A formação foi baseada no princípio de que a experiência e a competência decorrem da prática e do acompanhamento de um profissional mais experiente.

A formação Master Contextual Coaching foi feita com uma estrutura modular, para facilitar a participação das pessoas que não moram na cidade onde a formação ocorre.

A primeira turma do primeiro módulo, chamado Coaching & Psicologia, ocorreu em São Paulo nos dias 26, 27 e 28 de maio de 2016. Já o segundo módulo, chamado Instrumental Coaching, ocorrerá nos dias 23, 24 e 25 de junho de 2016.

O principal objetivo da formação em Master Contextual Coaching é formar profissionais de coaching competentes e capazes de atender às demandas desse mercado que está em franca expansão. Toda a formação tem base consistente e focada nas competências do profissional e é a única no Brasil ministrada por um Doutor no assunto.

Caso você tenha interesse em obter mais informações sobre o próximo módulo ou a formação completa, acesse o site www.nicodemosborges.com.br ou ligue 11 3090-4496.

 

COMENTE VIA FACEBOOK

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here