Técnica torna cérebro transparente e permite melhor estudo

0
Uma equipe multidisciplinar da Universidade de Stanford, na Califórnia, desenvolveu um método para estudar o cérebro sem alterar sua forma e conexões internas graças a um processo químico que o torna transparente, anunciou nesta quarta-feira a instituição.
Imagem de um cérebro de rato submetido ao processo químico desesvolvido pela Universidade de Stanford que o deixou transparente
O revolucionário avanço promete mudar a análise do funcionamento desse órgão até agora indecifrável.
A nova técnica, denominada Clarity, apresenta um grande potencial para acelerar as pesquisas sobre doenças como o alzheimer e a esquizofrenia e lançar luz sobre os neurônios vinculados à síndrome de Down e ao autismo.
“O estudo de sistemas intactos com esse tipo de resolução molecular e em toda sua dimensão foi um objetivo não alcançado na biologia, uma meta que o Clarity começa a cumprir”, explicou Karl Deisseroth, engenheiro biológico, psiquiatra e líder do projeto.
O método, divulgado nesta quarta-feira em um artigo publicado na internet pela revista “Nature”, foi testado fundamentalmente em ratos, mas também passou com sucesso por experiências com peixes-zebra e em amostras de cérebro humano.
Até o momento, o estudo do interior do cérebro implicava seccioná-lo, com a perda consequente de sua estrutura. Graças ao Clarity, o membro é acessível como uma só peça, com suas conexões e complexidade molecular intactas.
Os cientistas podem penetrar nele com tecnologia tridimensional, fazer medições e utilizar produtos químicos que permitam distinguir suas estruturas internas por cores.
“Nunca mais o estudo em profundidade do nosso órgão tridimensional mais importante ficará limitado por métodos bidimensionais”, indicou Thomas Insel, diretor do Instituto Nacional de Saúde Mental dos Estados Unidos.
Fonte: Revista Exame

COMENTE VIA FACEBOOK

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.