Onde fica a autopercepção?

0

Autopercepção. Existem vários tipos dela. A noção do eu, a percepção de estímulos internos, provenientes do próprio organismo ou, ainda, o conhecimento da posição de indivíduo inserido no contexto do grupo, em termos sociais. Aqui, trataremos da autopercepção em relação às funções corporais vegetativas.

A ínsula é um dos lobos cerebrais, situado profundamente aos lobos frontal, parietal e temporal, na fissura lateral. Da mesma forma que o giro pós-central, por exemplo, possui um mapa cortical somatotópico, ohomúnculo de Penfield, ilustrando a maior representatividade de determinadas regiões corporais sobre outras em termos de sensibilidade, a ínsula possui o chamado mapa viscerotópico. Isso quer dizer que todos os órgãos viscerais (pulmões, coração, intestinos, fígado, rins, órgãos sexuais, estômago) estão representados na superfície cortical insular.


Uma conclusão que se pode extrair disso é que as pessoas com altos níveis de autopercepção, não somente em relação aos órgãos do corpo, mas também em relação às próprias emoções, têm maior ativação da ínsula. Por outro lado, aquelas pessoas que apresentam atividade excessiva dos lobos insulares apresentariam mais comumente transtornos como a hipocondria e a síndrome do pânico.

E você? Consegue estimar com frequência as próprias batidas do coração? É hipersensível à variação da temperatura do próprio corpo? Como anda se sentindo? 


COMENTE VIA FACEBOOK

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here