Subscribe
Notify of
guest
11 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Kelli
9 anos atrás

Muito bom o artigo!
Achei suas dicas muito válidas, considero que a prática da psicologia clínica é umas construção – a cada dia, a cada paciente – sendo que muitas pessoas desistem na primeira dificuldade.
Muito válido.
Bjs

Eduardo
9 anos atrás

Ótimo artigo! Muito bem escrito, me ajudou bastante, pois estou nesta transição de atendimento em clinica escola para atendimento em consultório particular.

Anonymous
Anonymous
9 anos atrás

Parabéns pelo artigo! Me ajudou muito a esclarecer algumas dúvidas. Obrigada, bjos!

Midori Decco
9 anos atrás

Excelente artigo! E a verdade é esta mesmo: a faculdade não nos prepara para essa parte! E muita gente desiste por não saber como começar. É sempre bom ter pessoas que se disponibilizam assim. =) Obrigada!

Anonymous
Anonymous
8 anos atrás

A supervisão é importante também pra conferir maturidade suficiente para que o terapeuta torne-se supervisor posterirormente, o que aumentará os ganhos financeiros do profissional.

Carol Vicente
8 anos atrás

Muito bom o artigo. A leitura é clara e concisa!
Enxerguei até por outras formas alguns contextos.

Anonymous
Anonymous
8 anos atrás

Muito bom!
Quanto de nós Psicólogos, desistimos da clínica em vista de todas essas dificuldades e falta de informação. Na verdade para atuar na clínica, me parece que se deve ter uma capital inicial e é esta a grande questão.

lais araujo
lais araujo
8 anos atrás

Muito valioso o artigo. Excelente “empurrão” para iniciar a caminhada com mais confiança. Compartilho o artigo em minha página no facebook, para que mais colegas possam ler: https://www.facebook.com/tccrj

Danilo
Danilo
8 anos atrás

Interessante e muito bom artigo.
Só faltou finalizar com “Nenhuma das dicas têm valor se você, de fato, não for um bom psicólogo e não resolver as queixas principais dos seus clientes”.
A melhor propaganda de todas é um cliente satisfeito, com a vida muito melhor, pois, se daqui a 10 anos ele encontrar alguém se queixando de angústia (nada comum hoje em dia né?) ele indicará você, pois sabe que você dá conta do recado.
Considero meu terapeuta bom e já indiquei 5 para ele, dos quais 3 estão ativos. Imagino que estes 3 provavelmente indicaram para outros e assim vai.

Anonymous
Anonymous
8 anos atrás

Achei muito boas as dicas, só recomendo ficar atento ao tópico que recomenda indicar um paciente a um amigo psicólogo e participar dos ganhos: “…convide um ou mais amigos de sua confiança (psicólogos é claro!) ofereça o caso e cobre parte do ordenado” Se não me engano o crp proíbe tal prática… Fica como um ponto a ser discutido.

Anonymous
Anonymous
8 anos atrás

Excelente artigo. Na graduação, infelizmente, não se é dada todas essas estratégias que são extremamente importantes para o progresso profissional. Por isso que ao me formar tinha o interesse de atuar na área clínica, mas pelo fato da minha cidade ser pequena, achei que não conseguiria atrair clientes, portanto iria demorar bastante para garantir certa estabilidade financeira e foquei nos Concursos Públicos para a nossa área, estou há um ano somente estudando para concursos, fui aprovada em 4, aguardo nomeação em um, já que os outros fui aprovada, porém para cadastro de reserva. O meu foco após ser nomeada, é… Read more »