O uso de Cobertores no Tratamento de Crianças Autistas

2
O FelipeFrog postou em seu blog uma matéria a respeito de um método de tratamento para crianças autistas que vem sendo desenvolvido na França, e que consiste em ” (…) embrulhar o paciente (vestido apenas pelas roupas de baixo ou nus em caso de jovens crianças) várias vezes por semana durante semanas ou meses com toalhas encharcadas de água fria (10ºC à 15ºC)“(sic). Para aquecer o corpo do paciente, os componentes da equipe o embrulham também com alguns cobertores em um processo que dura 45 minutos. 

Ficou curioso para saber a fundamentação  desta prática? Clique aqui e confira, no blog Psicológico. Vai valer a pena conhecer. O  estudo foi originalmente publicado no Journal of the American Academy of Child & Adolescent Psychiatry, edição de Fevereiro, 2011. 
Antes de encerrar esta chamada para o texto do Felipe, eu gostaria de chamar a atenção para uma coisa. Existem métodos comprovadamente eficazes, amplamente testados e utilizados em todo o mundo, para o tratamento de indivíduos com o diagnóstico de Transtorno de Espectro Autista (e muitos outros). Não há porque submeter um familiar a este tipo de situação. Uma família investir neste tipo de tratamento, certamente trará a ela muito sofrimento desnecessário, além de perda de tempo e dinheiro. Clique aqui e conheça um exemplo de método de tratamento comprovadamente eficaz para pessoas diagnosticadas com Autismo.

COMENTE VIA FACEBOOK

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here