Freud, Sobre a Psicologia Como Ciência Natural

2
Também a psicologia é uma ciência natural. O que mais pode ser? Mas seu caso é diferente. Nem todos são bastante audazes para emitirem julgamento sobre assuntos físicos, mas todos – tanto o filósofo quanto o homem da rua – tem sua opinião sobre questões psicológicas e se comportam como se fossem, pelo menos, psicólogos amateurs. (FREUD, 1938/1975,p.316-317).

(Via Pedro Sampaio)

AnterioresConcurso: Ganhe um exemplar do livro Sobre o Behaviorismo, de Skinner.
SeguintesCorrelação não é causa. Nem efeito.
Comporte-se
O Comporte-se: Psicologia e Análise do Comportamento foi criado em 2008 e é hoje o principal portal de Análise do Comportamento do Brasil. Nele você encontra artigos discutindo temas diversos à partir do referencial teórico da abordagem; dicas de filmes, livros, periódicos e outros materiais; entrevistas exclusivas; divulgação de cursos, promoções, eventos e muito mais.
COMPART.

COMENTE VIA FACEBOOK

2 COMENTÁRIOS

  1. ahauhauhaua…
    Psicólogos amateurs é ótimo!
    Freud, Freud…

    Mas é uma verdade mesmo.
    A descrição de um dos meus álbuns do Orkut é “De psicólogo e louco todo mundo tem um pouco”, muito mais do que de médico!

  2. Com o adendo de que ele não encarou o “psicologia como ciência natural” da mesma forma que Skinner, uma vez que para este isso implicava em um monismo, em contrapartida a freud que enveredou pelo dualismo.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here