Dica de leitura: Comportamentos-problema de uma criança vítima de abuso sexual

0

O artigo de Novais e Britto (2013), publicado pela Revista Brasileira de Terapia Comportamental e Cognitiva,  avaliou as condições que produziram e mantiveram comportamentos-problema, tais como fazer birra e desobedecer, emitidos por uma criança que foi abusada sexualmente.

RESUMO: O presente estudo analisou funcionalmente comportamentos-problema, como fazer birra, desobedecer, emitidos por uma criança que fora vítima de abuso sexual. Para o controle experimental foi empregado o delineamento de múltiplas condições com três condições principais: atenção, sozinha e controle. As condições de atenção e sozinha foram divididas em outras subcondições. Os resultados demonstraram que a atenção social controlava os comportamentos inadequados da participante. Para o programa de tratamento, optou-se pelo uso do delineamento de reversão-replicação do tipo ABAB seguido de follow-up. Esse constituiu de uma fase de linha de base I (A), seguida da fase de intervenção (B), outra fase de linha de base II (A), seguida por outra fase de intervenção II (B). Para a intervenção, foi usado o reforçamento diferencial de comportamento alternativo (DRA), um procedimento que envolveu o reforçamento positivo de comportamentos alternativos adequados que são topograficamente diferentes dos comportamentos inadequados, combinado com a sua extinção (EXT). Por meio da intervenção houve um aumento na frequência dos comportamentos adequados, diminuindo-se a frequência dos comportamentos inadequados, podendo-se demonstrar a eficácia do programa de tratamento.

Se interessou? Leia e baixe o texto aqui:
Acessar

COMENTE VIA FACEBOOK

DEIXE UM COMENTÁRIO