Incubus e Sucubus: Uma Breve Análise dos Sonhos Lúcidos e Sexo com Fantasmas.

5
“É um fato de domínio público e que muitos afirmam have-lo experimentado ou escutado pessoas autorizadas que tenham experiência disso, que os Silvanos e os Faunos, vulgarmente chamados íncubus, tem atormentado com frequência às mulheres e saciado suas paixões. Além disto são tantos e de tal peso os que afirmam que certos demônios chamados pelos Gauleses, Dusios, intentaram e executaram essa animalidade que, negá-lo parece imprudência.”

Santo Agostinho, livro 15 Cap. 23 em DE CIVITATE DEI 
O citação acima refere-se a um demônio mitológico chamado Incúbus. De acordo com a mitologia, este demônio encontra-se com as mulheres quando estão sonhando e satisfaz seus desejos sexuais mais secretos e bizarros. A vítima sente um peso sobre o peito e é impelida ao sexo por uma energia inexplicável. A experiência pessoal pode variar desde o mais extremo prazer ao terror absoluto. Sua versão feminina é o Sucúbus, que ataca os homens da mesma maneira [1].

Após o ataque, a vítima fica bastante enfraquecida ou mesmo morta. De acordo com o site Medob [2], uma característica deste demônio é que ele ataca a mesma vítima pro várias noites seguidas, o que torna mais cansativas ainda as experiências.

Com a sensação vívida de ter experimentado algo parecido, várias mulheres de famílias tradicionais da antiguidade (e porque não da atualidade?) desafiavam os “bons  costumes” aos quais deveriam estar submetidas ao contarem o que havia acontecido. Estas estórias enlouqueciam também a poderosa igreja, já que os Demônios Sexuais são imunes ao exorcismo. Diz a lenda que eles violentavam muitos daqueles que tentavam em vão exorcizá-los, quando não apenas riam da cara dos padres. 

Lendo o blog do Felipe Frog [3] encontrei uma explicação interessante para esta experiência. Ele descreve um fenômeno chamado Paralisia do Sono. Conforme explica o autor, “é um fenômeno muito comum para algumas pessoas mas completamente estanho para outras. É um estado em que nosso corpo não está nem acordado e nem dormindo” (sic).

O biólogo Gabriel Cunha [4] explica que isto acontece porque “nosso cérebro paralisa os músculos durante… o sono para prevenir possíveis lesões pelo fato de algumas partes do corpo poderem se mover durante o sonho (principalmente ao sonharmos que estamos caindo ou quando damos uma porrada na parede) [na fase REM]. Quando acordamos subitamente o cérebro pode “não perceber” e o estado de paralisia não é desativado” (sic). 

Neste momento, podemos experienciar o chamado Sonho Lúcido, um limiar entre a vigília e o sono [5] em que ver as coisas com influência dos sonhos é bastante comum. Muitas pessoas não conseguem diferenciar o que estão sonhando do que estão vendo de fato. Em decorrência deste fenômeno, podem ter a sensação de terem recebido a visita de um anjo, extraterrestre ou demônio sexual, variando conforme o tipo de fantasia/ desejo, cultura e crenças de cada um.
Se temos uma pessoa que deseje ou tenha muito medo de ser abduzida por extraterrestres, esta pessoa poderá experienciar a visita de um. Se temos uma pessoa que tenha muito medo ou desejo sexual, ela poderá experienciar a visita de um Incubus, e assim por diante. Conforme diz o Felipe [3], na Idade Média era muito comum pessoas relatarem que viam bruxas, espíritos e criaturas malignas. Hoje a tendência é ver extraterrestres (sic).

Links consultados.

[1] Show Macabro. 666 – Saiba sobre a besta. Acesso dia 18 de março de 2011.

[2] Medob. Incubus e Sucubus. Acesso dia 18 de março de 2011. 
[3]Psicológico. Paralisia do Sono e Sexo com Fantasmas. Acesso dia 18 de março de 2011.
[5] Site Paralisia. Paralisia do Sono. Acesso dia 18 de março de 2011.

COMENTE VIA FACEBOOK

5 COMENTÁRIOS

  1. Se a Sucúbus for parecida com a mulher da foto, só que com asas e chifres, não deve ser tão ruim ter essa experiência. rsss

    Esses demônios são muito bonzinhos. Muito pior para a cultura ocidental seria o Incúbus fazer uma visita aos homens e a Sucúbus às mulheres.
    =D

    Legal o posto. Tem um texto de Guilhardi que faz uma interpretação dos sonhos de acordo com a AC. “Um modelo comportamental de análise de sonhos”

    Abraços

  2. Paralisia do Sono não necessariamente seria o sonho lúcido. Na paralisia a pessoa se sente acordada mas não consegue abrir os olhos, se mover, promovendo terror e ansiedade por proporcionar sensação de quase morte, ou ainda “saída do corpo”. No sonho lúcido a pessoa sonha e “sente” tudo no sonho, sabores, cheiros, prazeres, excitações, dores, etc. Ela acorda do sonho lucido ainda com tais sensações.

    Abs.
    Vanessa.

  3. Olá Nessa, boa tarde.

    Muito obrigado pela correção. De fato, me equivoquei.

    Sempre que detectar alguma falha nos textos, esteja à vontade para entrar em contato e avisar.

    Abraços.

  4. Opa, valeu pela citação! O post sobre paralisia do sono é um dos mais comentados do meu blog, até já estou com material para escrever outro (falta o tempo e disposição kkkk).

DEIXE UM COMENTÁRIO